O Projeto Amazônia SAR tem o suporte financeiro do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), a partir de recursos não-reembolsáveis do Fundo Amazônia. O Projeto foi aprovado no dia 20 de junho de 2015 pelo Conselho Deliberativo do BNDES.

O Fundo da Amazônia apoia projetos voltados para prevenção, monitoramento e combate ao desmatamento, e de promoção da conservação e do uso sustentável das florestas no bioma amazônico.

Com os recursos do fundo serão feitas a implantação de infraestrutura multissatelital, capacitação de recursos humanos e permitirá o monitoramento de até 6 milhões de km2 por ano, nos meses de alta densidade de nuvens com imagens/telemetria de radar orbital.